segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

A Van in the Sea

alessandro puccinelli

Alessandro Puccinelli é um fotógrafo italiano apaixonado pelo oceano. “O mar ilumina meus pensamentos”, diz ele que, desde 2011, anda pelo litoral europeu a bordo de um trailer. Parte do resultado da viagem é a série “A Van in the Sea”.
A galeria contem as imagens feitas por Puccinelli em 2013. Além de fotografias anteriores a isso, outras capturas devem ser feitas até final da jornada. O fotógrafo e sua Hymer 1983 vez ou outra retornam à estrada. Fonte: TRIP

terça-feira, 5 de março de 2013

Pedro de Moraes - fotografia

Carnaval no Rio de Janeiro - 1965

Pedro de Moraes nasceu no Rio de Janeiro em 1942. Autodidata, aos 12 anos iniciou sua carreira frequentando o estúdio fotográfico dos irmãos José e Humberto Franceschi. Como fotógrafo freelancer trabalhou para publicidade, arquitetura, foto industrial, moda, jornalismo e cinema. 

Sua fotografia foi muito influenciada por fotógrafos como Henry Cartier Bresson, Robert Capa, Man Ray, Robert Doisneau, Richard Avedon entre outros do período e pós período da Segunda Guerra Mundial. 
Foi militante fotográfico durante a ditadura.

Em seu acervo fotográfico constam cerca de 15.000 negativos.


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Goiamum Audiovisual ocupa a Cidade Alta com programação extendida


Sexta edição do maior Festival de Cinema do estado realiza mostras, palestras, encontros e  oficinas. A programação é totalmente gratuita.

Por Joanisa Prates

Realizado pelo Cineclube Natal e Zoon, o Goiamum Audiovisual – No movimento das marés – chega a sua 6ª edição e pela primeira vez será realizado integralmente em um único local, no IFRN Cidade Alta. O evento teve abertura na última sexta-feira, 07, e segue até dia 12 de dezembro, levando para o grande público a oportunidade de vivenciar o universo da produção cinematográfica nacional e internacional das mais diversas formas e com entrada franca.

Entre longas e curtas metragens, serão exibidos mais de 150 filmes em 10 diferentes mostras. Os títulos trazem a Natal uma média de 13 países diferentes, entre ficções, documentários, animações e experimentais, além de enaltecer a identidade local com obras potiguares e com a única mostra competitiva nacional do RN: a 3ª Curta Goiamum – que vai premiar três produções nas categorias de melhor filme, menção honrosa e júri popular. O vencedor na categoria Melhor Filme terá inscrição automática no Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual (FAIA 2013), que reúne os premiados de 22 festivais brasileiros.

Diretor do IFRN e diretora geral do goiamum audiovisual comemoram parceria. Foto: Joanisa Prates/Fotojorn/Fotec
Diretor do IFRN e diretora geral do goiamum audiovisual comemoram parceria. Foto: Joanisa Prates/Fotojorn/Fotec
Em entrevista a Agência Fotec, a coordenadora geral do evento, Keila Sena, falou da importância da importância de realizar o festival em um único local, durante os três turnos e frisou a parceria com o Instituto Federal. “O IFRN tem sido um grande parceiro do Goiamum. Pela primeira vez conseguimos concentrar o evento em um único local, pois oferece uma infraestrutura bem completa e ainda podemos contar com a colaboração dos estudantes do curso de Produção Cultural, que este ano serão estagiários do evento”.

Localizado num prédio histórico e tombado no centro da cidade, a unidade da Cidade Alta do IFRN vem assumindo o papel das fundações de cultura, pois tem sido responsável pela disseminação e apoio às atividades culturais e aos artistas de Natal. Sobre esse perfil e identidade que o Campus consolida, o diretor Lerson Maia afirma que este foi um dos compromissos firmados com a classe artística da cidade.

“Quando o Instituto assumiu novamente o Liceu, aqui funcionava a República das Artes. Para que o prédio seguisse com a sua característica de produção e difusão da cultura da cidade e do estado, mantivemos este espaço aberto a parcerias culturais e apoio aos artistas. O maior desafio não é revitalizar, mas sim manter o espaço vivo, e é através dessas parcerias, como a que fizemos com o Goiamum Audiovisual, por exemplo, que isso é possível”, afirmou o diretor.

Por ser uma Instituição de Ensino bastante estruturada, o evento conta com auditório para exibições, salas de aulas equipadas, pátio para eventos de socialização e toda uma infra-estrutura que facilita a viabilização das diversas atividades. A novidade é que os estudantes dos cursos de Produção Cultural e Gestão Desportiva e Lazer do Campus irão estagiar no evento.

PROGRAMAÇÃO
Durante os seis dias de evento, o Goiamum Audiovisual realizará 10 mostras e exibirá mais de 150 filmes entre longas e curtas metragens totalizando mais de 30 horas de projeção. O destaque é a competitiva Curta Goiamum, que em sua terceira edição, o premiado será inscrito automaticamente no Festival de Atibaia.
Além da mostra, estão sendo oferecidas oficinas gratuitas, palestras e será realizado o Encontro da Cadeia Produtiva do Audiovisual Paraibano e Potiguar. Fora isso a programação paralela do evento conta com exposições, instalações, mostra infantil e filmes ao ar livre.

Equipe de coordenadores do goiamum audiovisual participam de coletiva. Foto: Joanisa Prates/Fotojorn/Fotec
Equipe de coordenadores do Goiamum Audiovisual participam de coletiva. Foto: Joanisa Prates/Fotojorn/Fotec
 Outra novidade é que as mostras que acontecem no auditório, terão exibição simultânea no Beco da Cultura/Zé Reeira e algumas atividades serão transmitidas ao vivo pela web – ação colaborativa com o coletivo Fora do Eixo Natal. O 6º Goiamum Audiovisual é realizado com o patrocínio do BNB, BNDES e Governo Federal, através do Edital do BNB, em parceria com o IFRN Cidade Alta e apoio cultural do Sebrae RN e Fundação José Augusto.

A programação completa do evento é possível acessar no site: http://www.goiamumaudiovisual.org.br.

Link original: http://ensinofotecufrn.wordpress.com/2012/12/12/goiamum-audiovisual-ocupa-a-cidade-alta-com-programacao-extendida/